BASF
Açúcar: Mercado

Preços do açúcar bruto sobem na ICE; maio é negociado a 12,41 cents/libra


Reuters - 15 mar 2019 - 07:32

Os contratos futuros do açúcar bruto na ICE avançaram nesta quinta-feira, impulsionados por um aumento na demanda física e por ganhos do petróleo mais cedo.

O contrato maio do açúcar bruto fechou em alta de 0,05 centavo de dólar, ou 0,4 por cento, a 12,41 centavos de dólar por libra-peso, após atingir máxima de mais de uma semana a 12,69 centavos.

Não encerrar acima das máximas recentes de 12,46 centavos e 12,47 centavos significou que o fechamento positivo da sessão não foi particularmente construtivo, disse um operador norte-americano.

acucar 150319

Os preços foram sustentados por uma crescente demanda física, seguindo o declínio nos preços no fim de fevereiro e início de março, disseram operadores. Compradores recentes incluem China, Bangladesh e Irã, notaram.

A força do petróleo no início da sessão também foi fator de suporte, segundo operadores, com o Brent e a gasolina tocando máximas de quatro meses antes de se retraírem, mais tarde.

Preços mais altos do petróleo tendem a sustentar o açúcar, por encorajarem usinas de cana do Brasil a produzirem mais etanol do que o adoçante.

Os exportadores norte-americanos de etanol devem enfrentar maior concorrência em um dos poucos mercados estrangeiros nos quais conseguiram vender grandes volumes nos últimos anos, as regiões Norte e Nordeste do Brasil, disse o chefe de uma associação do setor.

O contrato maio do açúcar branco fechou em queda de 50 centavos de dólar, ou 0,2 por cento, a 338,80 dólares por tonelada.

Ayenat Mersie e Nigel Hunt