Açúcar: Mercado

[Cepea] Preço interno do açúcar atinge maior patamar real em 5 anos


Agência Estado - 04 out 2016 - 08:18 - Última atualização em: 04 out 2016 - 10:20

Os preços do açúcar cristal no spot paulista atingiram na semana passada o maior valor real em cinco anos, informou nesta segunda-feira, 3, o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq/USP) em boletim antecipado ao Broadcast Agro, sistema de serviço em tempo real do Grupo Estado. Com alta de 6,82% entre 23 e 30 de setembro, o Indicador Cepea/Esalq do cristal alcançou R$ 94,70 por saca de 50 kg na sexta-feira, inferior somente ao verificado em agosto de 2011, de R$ 96,54 por saca – as cotações foram deflacionadas pelo IGP-DI, na base agosto de 2016.

cepea-acucar-041016

Ainda de acordo com o centro de estudos, em setembro o indicador acumulou forte alta de 10,09%, com média de R$ 87,83/saca, 2,26% superior à média de agosto (R$ 85,89/saca) e 56,83% maior que a de setembro de 2015 (de R$ 56,00/saca), em termos reais. Também é a maior desde janeiro de 2011. "A significativa reação na última semana se deve à postura firme das usinas paulistas, as quais aumentaram os valores de suas ofertas, mesmo com a demanda pouco expressiva", explicou o Cepea. "A princípio, o que motivou o aumento no preço doméstico foi o comportamento do mercado internacional do açúcar demerara, que registra cotação em patamar elevado."

A alta dos preços domésticos na última semana, por sua vez, fez com que as vendas do açúcar no spot paulista recuperassem a vantagem sobre as exportações. De 26 a 30 de setembro, as vendas internas de açúcar remuneraram 0,78% a mais que as externas. Enquanto a média semanal do Indicador de Açúcar Cristal Cepea/Esalq foi de R$ 91,97/saca, as cotações do contrato para março na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) equivaleriam a R$ 91,26/saca.

José Roberto Gomes