Açúcar: Mercado

Preço do açúcar na ICE recua ao menor patamar em um mês com queda do petróleo


Reuters - 04 set 2020 - 07:03

Os contratos futuros do açúcar bruto na ICE atingiram a baixa mais intensa em um mês nesta quinta-feira (3), com recuperação no dólar e os preços do petróleo em queda, levando alguns fundos a liquidar parte de suas grandes posições compradas em commodities agrícolas.

Um dólar forte torna o açúcar cotado na moeda norte-americana mais caro para os detentores de outras divisas, enquanto o recuo no petróleo tende a favorecer a produção do adoçante nas usinas de cana do Brasil, em detrimento do etanol.

O contrato outubro do açúcar bruto fechou em queda de 0,37 centavo de dólar, ou 3%, a 12,07 centavos de dólar por libra-peso, depois de tocar 11,90 centavos no menor patamar em um mês.

preco acucar 040920

Traders disseram que parece haver uma demanda física limitada, por isso o desconto para os futuros de outubro em relação ao contrato de março. Eles acrescentaram que mais perdas são prováveis se o dólar continuar a melhorar.

“A correlação petróleo-açúcar estava caindo, mas a ação de hoje parece que voltou em grande estilo”, disse um corretor sediado nos EUA.

O índice de preços do açúcar da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) aumentou 6,7% em agosto em relação a julho, em meio a clima desfavorável na União Europeia e na Tailândia e forte demanda de importação da China.

O açúcar branco de outubro caiu 5,50 dólares, ou 1,5%, a 353,60 dólares a tonelada.

Maytaal Angel e Marcelo Teixeira


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail