Açúcar: Mercado

Preço do açúcar bruto volta a subir na ICE e toca nova máxima de dois anos


Reuters - 23 jan 2020 - 06:55

Os contratos futuros do açúcar bruto negociados na ICE atingiram novas máximas de dois anos nesta quarta-feira, à medida que sinais técnicos altistas desencadearam mais compras por fundos, embora um bom nível de vendas por produtores e sinais de o mercado pode ficar sobrecomprado tenham limitado as altas.

O contrato março do açúcar bruto fechou em alta de 0,11 centavo de dólar, a 14,66 centavos de dólar por libra-peso, após renovar máxima de dois anos ao tocar a marca de 14,79 centavos.

O mercado tem sido apoiado por uma redução nas ofertas, com um déficit global amplamente projetado para a temporada 2019/20, enquanto as colheitas na Índia e na Tailândia estão com atraso.

As altas, porém, seguem limitadas pelas perspectivas de que preços mais altos possam encorajar usinas brasileiras a aumentar a produção de açúcar, reduzindo a de etanol.

Um operador observou que usinas brasileiras têm demonstrado interesse em vender mais abaixo da curva de futuros, o que não é um bom sinal para 2020/21.

Mas por enquanto a maior parte dos operadores diz que fundos estão em “modo compra” e possuem munição para comprar consideravelmente mais.

“Os sinais até aqui são bons, e nós esperamos que o nível de 15 centavos seja testado muito em breve. O produtor vendendo no Brasil não absorveu as coberturas de vendidos especulativas e novas compras”, disse a Sucden Financial em nota.

preco acucar 230120

O açúcar branco para março avançou 4 dólares, para 407 dólares por tonelada.

Maytaal Angel