BASF
Açúcar: Mercado

Preço do açúcar bruto toca máxima de um mês e meio na ICE


Reuters - 14 jun 2019 - 06:35

O contrato futuro do açúcar bruto na ICE avançou nesta quinta-feira, atingindo seu maior nível em um mês e meio, apoiado pelas altas no mercado do milho.

O contrato julho do açúcar bruto fechou em alta de 0,13 centavo de dólar, ou 1%, a 12,75 centavos de dólar por libra-peso, sua máxima desde 22 de abril.

“O mercado do milho está ajudando o mercado do açúcar neste momento”, destacou um operador norte-americano.

Os preços do milho estão próximos de máximas de três anos devido ao tempo ruim no Meio-Oeste dos Estados Unidos, o que pode, consequentemente, aumentar a demanda pelo etanol produzido a partir da cana.

O açúcar também foi apoiado por notícias de que a produção na Índia pode recuar até 15% em 2019/20, devido à seca.

“O mercado parece pronto para continuar a subir. Entretanto, os estoques seguem altos e a demanda, fraca. Além disso, a paridade do etanol no Brasil está em torno de 13 centavos a 13,30 centavos de dólar. (Vender) é provável se os preços avançarem mais 50 pontos”, disse um operador.

O contrato agosto do açúcar branco avançou 2 dólares, ou 0,6%, e fechou a 335,70 dólares por tonelada.

Ayenat Mersie e Maytaal Angel