BASF
Açúcar: Mercado

Mercado de açúcar vive “transição instável”, analisa Czarnikow

Trading e consultoria aposta que os preços da commodity irão cair no primeiro semestre deste ano; estoques globais em alta devem dificultar fortalecimento do mercado


novaCana.com - 21 fev 2019 - 08:39

  1. Produção global de açúcar em queda: previsão é de déficit para 2019/20, com redução de área plantada na União Europeia e na Tailândia
  2. Crescimento de intervenções governamentais no mercado de açúcar pode tornar desaceleração da produção mais lenta do que o esperado
  3. Estoques de açúcar não devem ter uma redução significativa, com relação entre estoque e consumo acima de 20%, o que é considerado excessivo pela consultoria
  4. Com a atual situação dos estoques e da produção, os preços de açúcar em 2019 não devem aumentar – exceto se algo catastrófico acontecer

As cotações internacionais do açúcar devem permanecer baixas em 2019? Ou o mercado deve viver uma transição para um ambiente mais favorável para as usinas?

É com esses questionamentos que a empresa de comércio e consultoria Czarnikow, especializada na cadeia de fornecimento de açúcar e etanol, inicia um relatório sobre o mercado de açúcar. O documento foi enviado aos clientes da companhia no começo de fevereiro.

“Nós esperamos que os preços atinjam o chão em algum ponto do primeiro semestre de 2019, se é que eles já não o fizeram”, aponta a consultoria, que continua: “Entretanto, atingir o nível mais baixo não é a mesma coisa que estabelecer uma nova tendência de alta”.

Considerando os estoques globais e o nível de intervenção governamental ao redor do mundo, a Czarnikow acredita que o mercado de açúcar deve entrar em um período de “transição instável”. Com isso, os preços devem flutuar entre US$ 0,10/libra-peso e US$ 0,15/libra-peso.

Gráficos e a análise completa da Czarnikow sobre o mercado de açúcar estão disponíveis no conteúdo completo (acesso exclusivo para assinantes).

exclusivo assinantes

O texto completo desta página
está disponível apenas aos assinantes do site

veja como é fácil e rápido assinar