Açúcar: Mercado

Itaú Unibanco cita déficit de açúcar e prevê preço médio mais alto


Agência Estado - 10 nov 2015 - 14:57

O Banco Itaú Unibanco elevou nesta terça-feira, 10, sua projeção para o preço médio do açúcar em 2016, de 11,40 centavos de dólar para 14,90 centavos de dólar por libra-peso.

A revisão refere-se à commodity negociada na bolsa de Nova York e incorpora "a realidade atual de déficit no ano-safra 2015/16 e o fato de que os preços deverão permanecer elevados para incentivar uma produção maior à frente".

O ciclo global 2015/16 teve início em 1º de outubro e deve encerrar com demanda de 3,527 milhões de toneladas a mais do que a produção, conforme estimativa recente da Organização Internacional do Açúcar (OIA). "Apesar dos estoques globais elevados, a perspectiva de aumento da demanda em 2% ao ano exige que os preços permaneçam elevados para manter o mercado equilibrado".

O Itaú Unibanco informa, ainda, que "o açúcar continua com prêmio elevado em relação ao etanol hidratado no Brasil, favorecendo um aumento do uso da cana-de-açúcar para açúcar no período final da colheita do Centro-Sul".


PUBLICIDADE BASF_NOV_INTERNAS BASF_NOV_INTERNAS

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x