Açúcar: Mercado

Futuros do açúcar sentem pressão do enfraquecimento da demanda


Agência Estado - 28 out 2015 - 09:18

Os futuros de açúcar demerara fecharam em queda ontem na Bolsa de Nova York (ICE Futures US), abaixo inclusive dos 14,50 cents por libra-peso. Analistas dizem que o clima chuvoso no Centro-Sul do Brasil mantém o cenário construtivo para as cotações, mas atentam também para a demanda no físico, que começa a se retrair após a disparada de 12% dos preços só neste mês.

Conforme a Czarnikow, "o interesse de compra no mercado brasileiro caiu e parece que as ofertas estão aumentando". Em comunicado, a trading informou que já existem ofertas para novembro no Porto de Santos (SP) com valores até 85 pontos abaixo do negociado na ICE Futures US. Mesmo assim, os vendedores não têm obtido sucesso.

Preocupa também a demanda chinesa. A expectativa é de que refinarias do país cancelem carregamentos nos próximos meses caso o governo imponha mais restrições às importações. Por lá, os importadores precisam registrar compras acima da cota para que Pequim controle o fluxo de embarques baratos.

Nos gráficos, a resistência inicial voltou para os psicológicos 14,50 cents/lb. Acima disso aparecem os técnicos 14,73 cents/lb. Para baixo, há um suporte perto dos 14,30 cents/lb.

Março caiu 22 pontos (1,50%) e fechou em 14,42 cents/lb, com máxima de 14,70 cents/lb (mais 6 pontos) e mínima de 14,36 cents/lb (menos 28 pontos). Maio recuou 16 pontos (1,12%) e terminou em 14,09 cents/lb. O spread março/maio variou de 39 para 33 pontos de prêmio para o primeiro contrato da tela.

O total de navios que aguardam para embarcar açúcar nos portos brasileiros aumentou de 46 para 56 na semana encerrada na quarta-feira passada (21), segundo levantamento da agência marítima Williams Brazil, que será atualizado hoje. O relatório considera embarcações já ancoradas, aquelas que estão ao largo esperando atracação e também as que devem chegar até o dia 14 de dezembro.

acucar-281015-1

acucar-281015-2

O Indicador de Açúcar calculado pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq/USP) encerrou a terça-feira em R$ 71,24/saca, alta de 0,56% ante a véspera. Em dólar, o índice ficou em US$ 18,28/saca (+0,94%).


PUBLICIDADE BASF_NOV_INTERNAS BASF_NOV_INTERNAS

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x