PUBLICIDADE
renovacao renovacao
Açúcar: Mercado

Futuros do açúcar em Nova York têm valorização de 6% em setembro


Agência Estado - 30 set 2015 - 09:07

Os futuros de açúcar demerara fecharam firmes ontem na Bolsa de Nova York (ICE Futures US), mas ainda abaixo da resistência de 12,50 cents por libra-peso. As cotações até tentaram romper esse patamar, mas foram novamente pressionadas por fixações de produtores da Tailândia. Ainda assim, os preços chegam ao final do mês com saldo positivo: a valorização em setembro foi de 6,31%.

Além dos fundamentos já conhecidos, o mercado ganhou ontem mais um fator de suporte. A Czarnikow elevou sua previsão de déficit para a safra global 2015/16, que começa oficialmente amanhã. A expectativa é de demanda 4,1 milhões de toneladas maior que o consumo, bem mais do que as 1,7 milhão de toneladas estimadas em maio. "Antes, acreditávamos que apenas o crescimento da demanda seria responsável pelo déficit, mas a produção não correspondeu às nossas expectativas", afirmou a trading britânica. Se a projeção se confirmar, o próximo ciclo encerrará cinco temporadas consecutivas de excedente.

Do lado cambial, a influência se mostra mesmo mais fraca. Nesta terça-feira, o dólar chegou a bater em R$ 4,15 durante o dia, mas mexeu pouco com os futuros. Ao final da sessão, a moeda norte-americana no balcão ficou em R$ 4,0630 (-0,42%).

E hoje ocorre a expiração da tela de outubro. No mercado especula-se que a Wilmar International fará nova compra volumosa, a exemplo das mais de 1 milhão de toneladas adquiridas em maio. Outubro subiu 1 ponto (0,09%) e fechou a terça-feira em 11,76 cents/lb. Março avançou 8 pontos (0,65%) e terminou em 12,46 cents/lb, com máxima intraday de 12,76 cents/lb (mais 38 pontos) e mínima de 12,12 cents/lb (menos 26 pontos). O spread outubro/março variou de 63 para 70 pontos de prêmio para o segundo contrato da tela.

Nos gráficos, os futuros continuam com resistência firme em 12,50 cents/lb, seguida pela de 12,76 cents/lb, máxima de ontem. Para baixo, o suporte mais forte aparece nos psicológicos 12 cents/lb.

O Indicador de Açúcar calculado pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq/USP) encerrou a terça-feira em R$ 54,37, alta de 1,06% ante a véspera. Em dólar, o índice ficou em US$ 13,38/saca (+1,44%).


PUBLICIDADE BASF_NOV_INTERNAS BASF_NOV_INTERNAS

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x