PUBLICIDADE
BN novacana 1300x150
Açúcar: Mercado

Apesar das altas recentes, açúcar cristal deve recuar


Valor Econômico - 22 abr 2013 - 07:28 - Última atualização em: 29 nov -1 - 20:53

Apesar do pessimismo que ronda o mercado de açúcar, os preços acumulam alta no mês de abril, tanto no mercado interno como na bolsa de Nova York. Segundo o Valor Data, os contratos para julho acumulam valorização de 1,02% na bolsa americana neste mês. No mercado brasileiro, o açúcar cristal teve alta de 4,93% em abril.

Internamente, os preços estão sustentados pelas chuvas das últimas semanas, que atrasaram o andamento da moagem de cana-de-açúcar no Centro-Sul, região responsável por 90% da produção brasileira da matéria-prima. O indicador diário Cepea/Esalq para a saca do açúcar cristal encerrou a sexta-feira a R$ 45,26, leve queda de 0,07%. Especialistas acreditam que, logo que a moagem for acelerada, o recuo será mais severo.

No mercado internacional, o viés também é de baixa, apesar da alta das cotações na última sexta-feira - contrato julho subiu 27 pontos, para 17,88 centavos de dólar por libra-peso. Ainda há a forte pressão vinda de mais um superávit mundial da commodity. Para Arnaldo Corrêa, da Archer Consulting, é preciso também levar em conta que os fundos nunca estiveram tão vendidos (apostando na baixa do preço) em contratos de açúcar, o que desperta a questão sobre por mais quanto tempo eles conseguirão manter essa posição.

Fabiana Batista


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE


x