BASF
Açúcar: Mercado

Açúcar/HSBC: cotação deve cair ao nível mais baixo antes de subir


Agência Estado - 11 fev 2014 - 10:25 - Última atualização em: 29 nov -1 - 20:53

Em queda há três anos, os preços internacionais do açúcar devem atingir o nível mais baixo neste ano, antes de darem início a uma nova valorização. Conforme o Banco HSBC, a média deverá ser de 17,05 centavos de dólar por libra-peso no ciclo global 2013/14, que se encerra em setembro. Para 2014/15, o valor médio deverá ser de 17,20 centavos de dólar e, até 2017/18, tende a chegar a 22,80 centavos de dólar.

A instituição avalia que ainda haverá pressão neste ano por parte do superávit global de açúcar, que deve alcançar 7,1 milhões de toneladas. Na próxima temporada, esse volume deve cair para 1,7 milhão de toneladas e, a partir de 2015/16, acumular déficits, contribuindo para o fortalecimento das cotações da commodity.

Brasil
O HSBC estima, ainda, que as usinas do Centro-Sul do Brasil, principal região produtora do País, irão processar 600,73 milhões de toneladas de cana-de-açúcar na safra 2014/15, que se inicia em abril. O volume seria 1% maior que as 594,78 milhões de toneladas registradas em 2013/14.

A produção de açúcar deve ser de 38,06 milhões de toneladas (+11%) e a de etanol, de 25,06 bilhões de litros (-1,3%). A instituição alerta, entretanto, que a recente falta de chuvas em algumas áreas produtoras ´apresenta um risco de baixa´ para os números de produção.


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail