Açúcar: Mercado

Açúcar bruto descola do petróleo e fecha em queda com panorama fraco para demanda


Reuters - 19 jun 2020 - 07:15

Os contratos futuros do açúcar bruto negociados na ICE fecharam em queda nesta quinta-feira, em uma rara sessão na qual descolaram dos preços do petróleo, pressionados pelas perspectivas de aumento na produção em 2020/21 e de fraca demanda pelo adoçante.

O contrato julho do açúcar bruto fechou em queda de 0,22 centavo de dólar, ou 1,8%, a 11,89 centavos de dólar por libra-peso.

O preço mais alto do petróleo costuma ser traduzido em produção menor de açúcar pelas usinas do Brasil, que dessa forma ampliam a fabricação de etanol.

preco acucar 190620

Operadores disseram que o consumo fraco, combinado a um aumento na produção do Brasil e da Índia, deve levar a um excedente global de açúcar em 2020/21. Um pequeno déficit era projetado em pesquisa de fevereiro.

“Acho que o mercado está de olho na demanda titubeando. O prêmio do açúcar bruto começou a cair e a estrutura do ‘spread’ também. Índia e Tailândia estão apresentando melhorias climáticas”, afirmou um operador de Nova York.

Os futuros do açúcar branco, negociados em Londres, tiveram queda maior que a do açúcar bruto, que opera em Nova York, com o contrato agosto cedendo quase 4%, para 371,20 dólares por tonelada.

Marcelo Teixeira e Nigel Hunt