Açúcar: Exportação

Volume de frete rodoviário de açúcar sobe 58,2% no Brasil este ano, aponta Fretebras


Reuters - 21 nov 2022 - 08:13

O volume de fretes rodoviários de açúcar no Brasil subiu 58,2% entre janeiro e outubro deste ano ante o mesmo período do ano passado, segundo dados da Fretebras. Boas condições climáticas beneficiaram a safra em algumas regiões e, além disso, produtores e transportadores recorreram mais a caminhoneiros autônomos em busca de redução de custos.

Segundo a plataforma online de transportes de carga, o maior crescimento no volume de fretes foi em Goiás (+182%), onde as condições climáticas foram mais favoráveis, apontando para um aumento da safra, apesar da queda na área de produção.

Em seguida, vieram Paraná (+47%), o maior produtor São Paulo (40%) e Minas Gerais (36%), onde as boas chuvas registradas até fevereiro ajudaram na lavoura.

São Paulo registrou aumento no transporte da commodity a despeito do impacto negativo na produção causado por problemas climáticos decorrentes do fenômeno La Niña, somados à concorrência com o milho e a soja, que tiveram valores mais altos no mercado externo.

Segundo o diretor de operações da Fretebras, Bruno Hacad, o aumento no volume se deve, ainda, à tentativa de amenizar os altos custos com transporte, uma vez que a contratação de transportadores autônomos pode ser até 30% mais em conta que manter uma frota própria.

Ele afirma que em outubro o preço médio do diesel no país foi 30% maior que o registrado em outubro de 2021, mesmo após três reduções seguidas feitas pela Petrobras nas refinarias desde agosto e a isenção dos impostos federais.

“Os transportadores buscam por opções que tragam mais economia, como a contratação de caminhoneiros autônomos por meio dos aplicativos de frete”, disse Hacad, em nota.

Rafaella Barros


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x