Açúcar: Exportação

Setor já fixou preço para 65% do açúcar de 2021/22 e mais de 25% de 2022/23, diz Pecege

Para a temporada que inicia em abril, preço médio da commodity é de R$ 1.503,60 por tonelada


NovaCana - 02 mar 2021 - 14:44

“O setor caminha para bons movimentos de preços e aprendeu a lição sobre a gestão de custos”, afirma o gerente de projetos do Instituto de Pesquisa e Educação Continuada em Economia e Gestão (Pecege), Haroldo Torres, durante o evento on-line Expedição Custos Cana realizado na última quinta-feira, 25.

Segundo ele, 64,7% do açúcar VHP a ser exportado na temporada 2021/22, que inicia oficialmente em 1º abril deste ano, já está com preços fixados a R$ 1.503,60 por tonelada, em média. O valor corresponde a 12,66 centavos de dólar por libra-peso. Para o pouco mais de 35% que ainda deve ser negociado, os preços devem ser ainda melhores, de R$ 1.624,40/t ou 13,45 centavos de dólar por libra-peso.

Os dados se referem à amostra composta por clientes do instituto que participaram da pesquisa e à posição acumulada até dezembro de 2020. Com isso, Torres reitera que os valores de fixação já avançaram nos últimos dois meses.

“Se observarmos o que aconteceu em janeiro e fevereiro no mercado de açúcar, esse avanço da fixação já se acentuou e elevou o preço médio de R$ 1.500/t para a casa dos R$ 1.600/t em algumas usinas que acompanhamos”, afirma. “Isso mostra que vamos pegar preços de açúcar muito melhores, inclusive, ante os bons preços que já vivemos no ano passado”, completa.

pecege fixacao açúcar dez20

Na ocasião, Torres também apresentou previsões para a temporada 2022/23. Conforme o Pecege, as usinas analisadas já têm 25,02% da produção fixada a R$ 1.419,83/t, em média, ou 12,69 centavos de dólar por libra-peso.

Em relação à safra atual, que está quase finalizada, praticamente toda a produção teve preços fixados, atingindo um valor médio de R$ 1.421,86/t.

Na sexta, 26, a Archer Consulting divulgou que 80,5% do açúcar a ser exportado na safra 2021/22 e 25% do volume de 2022/23 já estariam com preços fixados ao final de janeiro. A consultoria calcula o preço médio das negociações da próxima safra em 13,13 centavos de dólar por libra-peso, sem considerar o prêmio de polarização, ou R$ 1.619/t incluindo-o.

Gabrielle Rumor Koster – NovaCana
Com reportagem adicional de Rafaella Coury


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail