PUBLICIDADE
BN novacana 1300x150
Açúcar: Exportação

Volume de açúcar exportado em abril cai 26,2% na comparação anual

Em relação a março deste ano, queda foi de 8,2%; preço médio foi para US$ 381,60/t


NovaCana - 13 mai 2022 - 10:40

O volume de açúcar brasileiro exportado continua em queda – e, desta vez, os preços apresentaram a mesma movimentação.

Em abril, as usinas despacharam 1,31 milhão de toneladas do adoçante, volume 8,2% menor do que o visto em março, de 1,43 milhão de toneladas. O montante também ficou 26,2% abaixo do total enviado em abril do ano passado.

Já o valor médio do adoçante foi de US$ 381,60 por tonelada, 1,9% abaixo do preço praticado em março. Apesar de ter se mantido em um patamar mais elevado do que o visto em outros anos, esta é a primeira queda na remuneração pela commodity desde novembro.

Considerando o preço médio de abril do ano passado, por exemplo, o valor atual por tonelada está 15,9% mais alto.

Com a diminuição do volume exportado e o atual patamar de preços, o faturamento mensal com o adoçante caiu 9,9% ante março e 14,5% na comparação anual, chegando a US$ 503,21 milhões.

Os dados detalhados deste mercado foram divulgados pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex), do Ministério da Economia.

Do total exportado, 1,18 milhão de toneladas foram de açúcar bruto, uma queda de 6,5% ante março; na comparação anual, o volume caiu 17,8%. O preço médio também teve um decréscimo de 2,5% entre os dois últimos meses, para US$ 375,10/t. Ainda assim, o valor representa um aumento de 15,6% ante abril de 2021.

O restante do volume, 138 mil toneladas, foi do adoçante refinado, o que representou 21% a menos do montante enviado em março. A queda foi ainda mais brusca na comparação anual, chegando a 60,7%. Já o preço médio ficou em US$ 437,35/t, um crescimento de 4,3% ante o mês passado e de 25,1% em relação aos valores negociados um ano antes.

Os principais destinos do açúcar brasileiro em abril foram: Marrocos (169,52 mi t); Bangladesh (153,64 mi t); China (142,50 mi t); Georgia (116,78 mi t); e Nigéria (105,87 mi t).

Somando os envios feitos desde o começo do ano, o Brasil já exportou 5,81 milhões de toneladas de açúcar, registrando uma queda de 23,2% em comparação com o quadrimestre de 2021, quando foram enviadas 7,57 milhões de toneladas.

No período, o preço médio foi de US$ 385,63/t (+20,6%), gerando uma receita de US$ 2,24 bilhões (-7,4%).

acucar 01 acumulado mensal preco block

acucar 02 tabela 3 anos 080721 block.png

NovaCana DATA (exclusivo para assinantes)

Giully Regina – NovaCana


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE


x