Açúcar: Exportação

Para ASR, Brasil pode pleitear cota de 800 mil t de açúcar em acordo UE-Mercosul; Brexit é oportunidade


Agência Estado - 15 mar 2018 - 08:14

O diretor sênior do ASR Group, Igor Cordeiro, avaliou hoje que o Brasil é capaz de pleitear uma cota de exportação de até 800 mil toneladas de açúcar em um possível acordo de livre comércio entre União Europeia (UE) e Mercosul.

Ele informou que o atual regime comercial, com uma tarifa de 98 euros por tonelada para a exportação de açúcar à UE "é inviável" e que somente um acordo poderia favorecer a melhoria no fluxo de comércio do Brasil ao bloco.

"No ano passado, nós compramos apenas 28 mil toneladas do Brasil dentro da atual cota de 400 mil toneladas", explicou o diretor do grupo, que tem operações de refino e também é produtor de açúcar de cana nos Estados Unidos.

Durante simpósio "Abertura Safra Cana 2018/2019", organizado pela Datagro, em Ribeirão Preto (SP), Cordeiro avaliou que a saída do Reino Unido da UE, o Brexit, pode representar oportunidade ao Brasil.

"A saída significa a adoção de uma política comercial independente e, no caso do Brasil, é muito mais fácil negociar com um país do que com um bloco. O Reino Unido deve ser encarado como oportunidade", explicou.

Gustavo Porto


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail