Milho

IMEA reduz em 3,5% estimativa para safra 2020/21 de milho, para 34,97 mi toneladas


Agência Estado - 14 abr 2021 - 07:23

O Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea) reduziu em 3,56% sua estimativa para produção de milho do estado na safra 2020/21, de 36,267 milhões de toneladas para 34,977 milhões de toneladas. A revisão acompanha uma redução também de 3,56% na produtividade, a 102,51 sacas por hectare. A área foi mantida em 5,687 milhões de hectares. As projeções foram divulgadas em boletim semanal.

O instituto atribuiu o ajuste ao maior risco das lavouras da cultura que foram semeadas fora da janela considerada ideal para o estado, que foi até 28 de fevereiro. “Assim, com 45,34% das áreas semeadas fora da janela ideal em Mato Grosso e as previsões apontando menores volumes (de chuva) acumulados, a produtividade do milho em Mato Grosso foi reajustada”, disse o Imea.

Comercialização

O Imea informou que a comercialização da safra 2020/21 de milho avançou 1,16 ponto porcentual em março ante fevereiro, atingindo 72,05% da produção esperada. De acordo com o instituto, a negociação está 4,62 pontos porcentuais atrasada na comparação com igual período da temporada 2019/20, quando 76,67% da safra estava comercializada.

A comercialização antecipada, envolvendo lotes da safra 2021/22, avançou 1,18 ponto porcentual em março frente a fevereiro, alcançando 13,85% da produção esperada. Na comparação anual, a negociação está 9,23 pontos porcentuais atrasada. No ano passado, 23,09% da safra 2020/21 estava comercializada.

Isadora Duarte


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail



x