Estudos

Preços do etanol combustível em 2012


novaCana.com - 17 ago 2013 - 10:08 - Última atualização em: 27 ago 2014 - 17:08

INFOGRÁFICO 1 – Composição do Preço em 2012

composicao-do-preco-2012

Depois do pico de preço registrado nas usinas em 2011, quando o litro de anidro saiu por R$ 2,375 (abril) e o de hidratado a R$ 1,422 (março), ambos em São Paulo e sem impostos ou fretes, os valores praticados na produção se estabilizaram, mas em um novo patamar, muito distante daquele etanol barato encontrado anteriormente, quando chegou a custar menos de R$ 1 por litro.

A avaliação do mercado é de que as regras implementadas no ano anterior pela ANP, com estabelecimento de contratos antecipados de compra para o anidro e a obrigação de manutenção de estoques por produtores e distribuidores, contribuíram para diminuir a volatilidade de preços observada em anos anteriores, nos períodos de safra e entressafra.

De janeiro a dezembro, o preço do anidro subiu 1% e o do hidratado caiu quase 2%, embora oscilações tenham ocorrido ao longo do ano. Em maio, o preço do litro do anidro alcançou seu maior patamar em 2012, nas usinas de São Paulo (sem impostos ou frete), chegando a R$ 1,294. E somente em outubro, o valor do litro atingiu o menor preço do ano: R$ 1,140. Para o hidratado, o maior patamar do ano foi registrado em março, quando saiu das usinas em São Paulo (sem frete ou impostos) por R$ 1,2044. Já a pior cotação foi apurada em outubro, a R$ 1,0106. Nas bombas, o preço do etanol hidratado diminuiu 5% ao longo do ano, enquanto na distribuição a retração foi de 6%. Em 2012, a margem bruta da revenda oscilou bastante: começou o ano em R$ 0,263 por litro, caiu para R$ 0,247 em abril e atingiu o pico de R$ 0,302 em novembro, para depois encerrar o ano em R$ 0,269, ou seja, quase no mesmo patamar de janeiro.

GRÁFICO 1 – Preço médio do etanol anidro na usina
preco-medi-etanol-anidro-na-usina

GRÁFICO 2 – Preço médio do etanol hidratado na usina
preco-medi-etanol-hidratado-na-usina

GRÁFICO 3 – Preços médios no downstream
precos-medios-no-downstream

GRÁFICO 4 – Margem média da revenda
margem-media-de-revenda

O açúcar vem levando vantagem em relação ao etanol, inclusive frente ao anidro. Se comparados os dados de 2012 com 2010, o açúcar remunerou 86% a mais que o anidro, o que vem garantindo o sustento de muitas usinas. Vale destacar que o próprio mercado interno de açúcar encontra-se bastante aquecido.

GRÁFICO 5 – Relações de preços entre os produtos do setor sucroalcooleiro
relacoes-de-precos-entre-produtods-do-setor-sucroalcooleiro

Produzido e publicado pela Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e Lubrificantes (Fecombustíveis) em julho de 2013


Tags: novaCana.com