As sete maiores dúvidas do setor sobre a calculadora do RenovaBio, respondidas

Com a sanção presidencial da Lei 13.576/2017, que instituiu a Política Nacional de Biocombustíveis (RenovaBio) no fim de dezembro de 2017, as dúvidas de como o cálculo das emissões de carbono será feito se intensificaram.

A equipe da calculadora do RenovaBio – a chamada RenovaCalc – ainda está trabalhando para aprimorar e validar a ferramenta, mas os pesquisadores já fizeram a primeira apresentação do sistema para as usinas durante o 1º Encontro Técnico do RenovaBio, que aconteceu eu Piracicaba (SP) no dia 23 de fevereiro.

A apresentação mostrou como funcionará o cálculo na prática, fazendo uma simulação em tempo real das sensibilidades às quais o resultado está sujeito. Também foram fornecidas informações para que os usineiros já possam organizar a documentação para fazer o preenchimento do modo mais adequado possível.

Conheça os principais pontos discutidos no Encontro:

- Participação
- Elegibilidade: ZAE-cana e CAR
- Dados primários x dados default
- Preenchimento: observações importantes
- Média de produtividade
- Queimada, cogeração e estratégias
- Atualizações da RenovaCalc

O texto acima é apenas uma breve introdução. Para ver esta página completa clique aqui e assine.

exclusivo assinantes

O texto completo desta página
está disponível apenas aos assinantes do site

veja como é fácil e rápido assinar

Etanol e Cana direto em seu email

Antes de sair, cadastre-se para receber as principais notícias do setor
Obrigado, não quero ficar informado.
Esqueci minha senha close modal