Após vencer oferta da Raízen em leilão, Glencore assume controle da usina de Guararapes (Unialco)

Oferta de R$ 350 milhões da Glencore (superior ao lance de R$ 280 milhões da Raízen) consegue aprovação do Cade e homologação da justiça

A trading de commodities suíça Glencore será a nova controladora da usina localizada em Guararapes (a 31 km de Araçatuba), pertencente até então ao grupo Unialco, em recuperação judicial desde novembro do ano passado.

A proposta de compra da unidade feita pela multinacional por cerca de R$ 350 milhões foi aceita por credores da empresa brasileira, homologada na Justiça e aprovada pelo Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica).

A informação é do advogado Fernando Castellani, da R4C Assessoria Empresarial, responsável pela administração judicial da companhia em recuperação. De acordo com ele, a Glencore deve assumir as operações da planta adquirida em janeiro.

Segundo o jornal Folha da Região, a unidade, com capacidade para moer 2,6 milhões de toneladas, foi avaliada, em novembro do ano passado, em R$ 302,9 milhões, incluindo terras, construções e bens móveis.

As dívidas do grupo chegam a R$ 1,07 bilhão, incluído os passivos tributários. Porém, apenas R$ 714 milhões desse total são incluídos no processo de recuperação judicial, quantia que soma valores a serem pagos a uma lista de credores composta por trabalhadores, fornecedores e instituições financeiras.

O leilão foi realizado no final de novembro e o valor oferecido pela gigante suíça de commodities pela unidade, superou ofertas de outras cinco companhias que participaram do leilão. Conforme noticiado após o leilão, a segunda melhor oferta foi feita pela Raízen, de 280 milhões de reais.

A usina está localizada no principal cinturão de cana-de-açúcar no Estado de São Paulo e tem capacidade instalada para processar 2,5 milhões de toneladas de cana por ano.

Com a alienação da usina de Guararapes, a empresa manterá a Alcoolvale, unidade produtiva situada em Aparecida do Taboado (MS).

novaCana.com, Folha da Região e Reuters

Etanol e Cana direto em seu email

Antes de sair, cadastre-se para receber as principais notícias do setor
Obrigado, não quero ficar informado.
Esqueci minha senha close modal