Investimento

Itaú BBA aponta sete estratégias para sucroenergéticas em busca de recuperação financeira

Mesmo em um momento delicado, case real apresentado pelo banco demonstra que é possível colocar a casa em ordem e voltar a crescer


novaCana.com - 12 dez 2017 - 10:12

A princípio, a disparidade que existe entre os grupos sucroenergéticos tem apenas crescido ao longo das últimas safras. As empresas em boas condições estão melhorando sua relação lucro/dívida, enquanto as que estão com dificuldades acabam se endividando cada vez mais, correndo riscos de encerrar sua produção. Ainda assim, existem casos de grupos que conseguem aproveitar o cenário e aumentar seu lucro líquido, diminuindo os débitos e atingindo uma recuperação expressiva.

No início de novembro, o Itaú BBA divulgou seu mais recente relatório sobre acesso a financiamento e endividamento e, com ele, as informações das 67 empresas sucroenergéticas do Centro-Sul que fazem parte da sua carteira. Divididas em grupos de acordo com sua situação financeira, é possível concluir que a tendência para a próxima safra é a manutenção do padrão atual, apesar de existirem casos de migração entre os grupos.

Comparando os dados das safras de 2012/13 e 2016/17, o relatório do Itaú BBA mostra o caso de uma empresa que estava com dificuldades, dentro do grupo das piores usinas, mas que conseguiu se recuperar e se reposicionar entre as mais saudáveis, diminuindo dívidas e aumentando seu Ebitda (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização). Com esta usina como exemplo, o documento também apresenta sete estratégias para reduzir custos e melhorar a eficiência das empresas, seja no campo ou nas finanças.

O case de sucesso apresentado possuía uma dívida líquida que ultrapassava R$ 140 por tonelada de cana produzida, além de um Ebitda de R$ 30 por tonelada. Em quatro safras, sua dívida diminuiu para pouco mais de R$ 80 por tonelada, enquanto o Ebitda chegou a R$ 50 por tonelada, aumentando sua liquidez.

Leia mais:

- Um case de recuperação financeira no setor sucroenergético
- Fatores que levaram à melhora
- Sete estratégias para aumentar a produção e reduzir as dívidas
- Contexto de endividamento no setor

exclusivo assinantes

O texto completo desta página
está disponível apenas aos assinantes do site

veja como é fácil e rápido assinar