novaCana.com

Sex18042014

    Lembrar | Esqueceu a senha? Não é assinante? Assine já!
Back Os investimentos em etanol da Petrobras para os próximos anos

Os investimentos em etanol da Petrobras para os próximos anos

Os investimentos da Petrobras Biocombustível
 
A Petrobras Biocombustível, apesar do prejuízo crescente e milionário, planeja continuar alocando recursos para a produção de etanol, açúcar e cogeração.

A subsidiária, que cuida de etanol e biodiesel da estatal, informou esta semana que investiu no ano passado R$ 299 milhões no setor de biocombustíveis. Desse total, 71% foram para aumentar a oferta e ampliar a participação no mercado de produção de etanol. Esse investimento de R$ 212,5 milhões em 2012 foi todo feito na Guarani, deixando a PBio com uma participação de 35,76% nas ações da empresa. A operação decorreu do acordo de investimentos firmado com a Tereos Internacional para a aquisição de até 45,7% da Guarani, por meio de aportes de até R$ 1,6 bilhão ao longo de cinco anos.

Para 2013, a petroleira informa que investirá 1,3 bilhão de reais, incluindo os investimentos em biodiesel. De acordo com o planejamento da empresa, sobrariam 1,682 bilhão para serem investidos no setor de biocombustíveis entre 2104 e 2016.

As usinas de etanol, açúcar e cogeração da Petrobras
A PBIO, por meio da Nova Fronteira (controlada em conjunto com a São Martinho) e das coligadas Total e Guarani, tem participação em dez usinas de etanol em Minas Gerais, São Paulo e Goiás, e uma usina em Moçambique, na África.

As três empresas encerraram a safra 2012/2013 com uma moagem total de 22,5 milhões de toneladas de cana-de-açúcar, produção de 822 mil m3 de etanol e 1,6 milhão de tonelada de açúcar, com venda de 540 GWh de energia elétrica excedente. O portal novaCana.com apresenta a seguir os investimentos e as expectativas da estatal para essas controladas e coligadas:

Total Agroindústria
A PBIO possui 43,58% do capital social da Total Agroindústria Canavieira S.A., que detém uma usina de etanol em Bambuí (MG), com capacidade atual de moagem de 1,2 milhão de tonelada de cana-de-açúcar por ano.

Para a ampliação da capacidade de produção de etanol, estão sendo investidos R$ 130 milhões que possibilitarão dobrar a capacidade de moagem de cana-de-açúcar da usina para 2,4 milhões de toneladas por ano. Consequentemente, a capacidade de produção de etanol alcançará 206 mil m3 por ano, o que permitirá ampliar a venda de energia excedente a partir do bagaço da cana-de-açúcar dos atuais 30 GWh por ano para 167 GWh por ano.

Guarani
Estão em curso investimentos de R$ 748 milhões para expandir a capacidade de processamento de cana-de-açúcar, a produção de etanol e de açúcar, e para a cogeração de energia até 2015.

Com eles, a Guarani elevará sua capacidade atual de moagem de 21,5 milhões de toneladas de cana-de-açúcar por ano para 24,6 milhões, ampliando a capacidade de produção de etanol para 1.100 mil m³ por ano. A capacidade de produção de açúcar para 1,8 milhão de tonelada por ano; e a de venda de energia excedente, para 1.319 GWh por ano.

Nova Fronteira
A PBIO possui 49% do capital social da Nova Fronteira Bioenergia S.A, fruto de uma parceria com o grupo São Martinho. Sua atual capacidade de moagem é de 3,4 milhões de toneladas de cana-de-açúcar por ano.

A Nova Fronteira planeja realizar investimentos de R$ 720 milhões na Usina Boa Vista nos próximos três anos. Os recursos serão aplicados na ampliação da unidade para uma capacidade de moagem estimada em até 8 milhões de toneladas de cana-de-açúcar por ano, o que possibilitará elevar a produção anual de etanol dos atuais 211 mil m3 por ano para 700 mil m3 por ano. A venda de energia excedente deverá passar de 265 GWh por ano para 600 GWh por ano.

novaCana.com

Em resumo:
- Em 2012 a PBio investiu 299 milhões em biocombustíveis, valor 41% menor do que em 2011 – R$ 503 milhões.
- Para 2013, a petroleira informa que investirá 1,3 bilhão de reais.
- As três empresas controladas ou coligadas da PBio encerraram a safra 2012/2013 com uma moagem total de 22,5 milhões de toneladas de cana-de-açúcar, produção de 822 mil m3 de etanol e 1,6 milhão de tonelada de açúcar, com venda de 540 GWh de energia elétrica excedente.
- Na Guarani estão em curso investimentos de R$ 748 milhões até 2015.
- Na Total Agroindústria estão sendo investidos R$ 130 milhões.
- A Nova Fronteira planeja realizar investimentos de R$ 720 milhões na Usina Boa Vista nos próximos três anos.
Leia também

Adicionar comentário


Tudo sobre etanol, cana, açúcar e cogeração