Vallourec
Financeiro

Usina Santa Fé fecha safra 2017/18 com queda de 95% no lucro líquido

Após resultado recorde no ano passado, companhia encerrou a safra 2017/18 com saldo modesto


novaCana.com - 13 jun 2018 - 12:06

Mesmo com indicadores financeiros relativamente estáveis nos últimos cinco anos-safra, a Usina Santa Fé teve uma queda de 95% no lucro líquido no período 2017/18, encerrado no dia 31 de março deste ano, em relação ao período anterior.

Em um primeiro olhar, o tombo da usina – depois da trajetória de recuperação na última temporada –surpreende. Porém, na comparação entre as safras 2016/17 e 2017/18, há cifras que podem explicar o novo resultado. Algumas das circunstâncias que pesam são a desvalorização do ativo biológico (cana em pé) e os aumentos das despesas operacionais e do imposto de renda pago entre os dois anos.

Para completar, a empresa utilizou contabilidade de hedge (estratégia de proteção para investimentos de risco) em seu balanço financeiro, com o objetivo de reduzir a volatilidade dos resultados de operações em moeda estrangeira. A ideia é corrigir eventuais diferenças que podem surgir entre o registro da operação e o valor final e, com isso, o resultado abrangente da Usina Santa Fé foi negativo em 2017/18.

Ou seja, o lucro elevado na temporada passada foi uma exceção à regra.

A seguir você confere os principais números do balanço 2017/18 da Usina Santa Fé, além de dados acumulados das últimas cinco safras.

- Resultado líquido x resultado abrangente
- Motivações da queda no resultado
- Números da fase operacional
- Perfil da dívida da companhia

exclusivo assinantes

O texto completo desta página
está disponível apenas aos assinantes do site

veja como é fácil e rápido assinar