Negociações de CDA/WA no setor de etanol podem crescer com alteração em marco regulatório

As usinas de etanol no Brasil em dificuldade financeira afetam a dinâmica de todo o mercado. Sobrecarregadas de dívidas, elas nem sempre podem esperar o melhor momento para vender etanol. Para aliviar o caixa, elas produzem e já colocam o biocombustível à venda, uma vez que se trata de um produto de maior liquidez. A situação acaba impactando o preço do etanol no mercado de maneira geral.

Mas, agora, mesmo com as usinas ainda em dificuldades, as empresas poderão ter acesso mais fácil a uma opção que tem sido subutilizada: os Certificados de Depósito Agropecuários (CDA) e Warrants Agropecuários (WA). A vantagem dos CDA/WA é que mesmo usinas financeiramente em crise podem captar recursos, pois o etanol é dado como garantia e, assim, pode ser comercializado no melhor momento.

Quase um bilhão de litros de etanol foram utilizados em 2017 para financiar as usinas por meio dos CDA/WA. O recorde dos últimos anos foi em 2013, quando os investidores compraram o equivalente a 5 bilhões de litros das usinas por meio de certificados.

Além de significarem a entrada de dinheiro para as usinas, os papéis são mais uma opção para os investidores do agronegócio, como acontece com a Letra de Crédito do Agronegócio (LCA) e o Certificado de Recebíveis do Agronegócio (CRA).

Mas o problema que hoje limita o uso dos CDA/WA no mercado de etanol está nas regras impostas pela ANP. Contudo, após uma audiência pública pela agência, isso pode mudar.

“Considerando as condições atrativas, o CDA/WA tende a se tornar cada vez mais um instrumento essencial para impulsionar o setor de etanol brasileiro” (Unica)

Veja a seguir:

- A proposta para resolver as limitações
- As emissões de CDA/WA para o mercado de etanol e açúcar
- Comparativo de emissões com os demais produtos agrícolas

O texto acima é apenas uma breve introdução. Para ver esta página completa clique aqui e assine.

exclusivo assinantes

O texto completo desta página
está disponível apenas aos assinantes do site

veja como é fácil e rápido assinar

Etanol e Cana direto em seu email

Antes de sair, cadastre-se para receber as principais notícias do setor
Obrigado, não quero ficar informado.
Esqueci minha senha close modal