Primeira fábrica que produz papel a partir da palha da cana é inaugurada em SP

O Grupo Cem inaugurou no último dia 3 a primeira fábrica de papel produzido a partir da palha da cana-de-açúcar do mundo. Localizada em Lençóis Paulista, a FibraResist demandou investimento de R$ 25 milhões e tem capacidade para produzir até 72 mil toneladas de pasta celulósica por ano, com previsão de atingir esse volume no médio prazo.

A escolha do município no Estado de São Paulo para as instalações ocorreu por causa da grande quantidade de matéria-prima na região, com forte atividade canavieira.

De acordo com nota da Secretaria da Agricultura, o primeiro acordo de fornecimento de cana já está acertado com a Coopercitrus Cooperativa de Produtores Rurais para a colheita e transporte da matéria prima proveniente do campo.

“O valor pago na venda da palha é revertido em benefícios aos produtores por meio de produtos e serviços da Coopercitrus, como fertilizantes, defensivos agrícolas, utilização da oficina mecânica, entre outras facilidades”, explica Fernando Degobbi, diretor financeiro da cooperativa. Cada hectare é capaz de produzir até 16 toneladas do subproduto. Isso significa que um produtor médio, com 100 hectares, consegue gerar até 1.600 toneladas de palha de cana-de-açúcar.

A produção inicial, que será de 25% do total da capacidade produtiva da FibraResist, está sendo negociada com empresas que produzem diversos tipos de embalagens e também papel kraft e tissue (como papel higiênico e papel toalha).

Com informações adicionais do Jornal da Cidade

Etanol e Cana direto em seu email

Antes de sair, cadastre-se para receber as principais notícias do setor
Obrigado, não quero ficar informado.
Esqueci minha senha close modal