Evolução dos preços: etanol tem queda mais expressiva que a gasolina nos postos

Diferença de preço entre etanol e gasolina em MT, GO, SP, PR, MG e MS

Os destaques sobre o preço do etanol na semana de 4 a 10 de junho:

  1. O preço do etanol hidrato caiu nos postos de 20 estados e no DF, aumentou em quatro e permaneceu igual em um
  2. Em dois estados é mais vantajoso consumir etanol: São Paulo e Mato Grosso
  3. No Brasil, preço médio do etanol corresponde a 70,4% do valor de comercialização da gasolina
  4. Cotação do etanol hidratado nas usinas apresenta queda

A última semana representou queda nos preços dos combustíveis em todo país. Assim como aconteceu no período anterior, mesmo com a queda nos valores cobrados pela gasolina nos postos, a maior desvalorização do etanol em todo Brasil fez o biocombustível aproximar-se ainda mais da relação de paridade de preços.

De acordo com os dados divulgados pela Agência Nacional de Petróleo (ANP), na semana de 4 a 10 de junho, o preço do etanol hidrato caiu nos postos de 20 estados e do Distrito Federal. Além disso, o valor ao consumidor para o biocombustível aumentou em apenas quatro estados e manteve-se estável no Sergipe. Já o preço da gasolina nos postos recuou em 21 estados e subiu em quatro estados e no DF. Os números referentes aos preços do etanol e da gasolina em Roraima não foram divulgados.

Apesar do grande número de estados apresentando queda nos preços de ambos os combustíveis, percentualmente a desvalorização do etanol foi um pouco mais expressiva do que para a gasolina. Nas médias nacionais, o preço do etanol passou de R$ 2,536 para R$ 2,514 por litro na última semana – uma queda de 0,86%. Já o valor médio por litro da gasolina passou de R$ 3,59 para R$ 3,572 – um recuo de 0,5%.

Comparativo do preço de etanol hidratado nos estados

A última semana representou queda nos preços dos combustíveis em todo país. Assim como aconteceu no período anterior, mesmo com a queda nos valores cobrados pela gasolina nos postos, a maior desvalorização do etanol em todo Brasil fez o biocombustível aproximar-se ainda mais da relação de paridade de preços.

De acordo com os dados divulgados pela Agência Nacional de Petróleo (ANP), na semana de 4 a 10 de junho, o preço do etanol hidrato caiu nos postos de 20 estados e do Distrito Federal. Além disso, o valor ao consumidor para o biocombustível aumentou em apenas quatro estados e manteve-se estável no Sergipe. Já o preço da gasolina nos postos recuou em 21 estados e subiu em quatro estados e no DF. Os números referentes aos preços do etanol e da gasolina em Roraima não foram divulgados.

Apesar do grande número de estados apresentando queda nos preços de ambos os combustíveis, percentualmente a desvalorização do etanol foi um pouco mais expressiva do que para a gasolina. Nas médias nacionais, o preço do etanol passou de R$ 2,536 para R$ 2,514 por litro na última semana – uma queda de 0,86%. Já o valor médio por litro da gasolina passou de R$ 3,59 para R$ 3,572 – um recuo de 0,5%.

Em detalhe

Gráficos avançados e filtros interativos sobre o comportamento dos preços estão disponíveis aqui (exclusivo assinantes).

O evolutivo dos preços de todos os estados desde 2001 pode ser acessado aqui.

Gráficos com a diferença de preço entre etanol e gasolina em SP, MT, GO, MS, PR e MG

Etanol ou gasolina?

A variação na cotação dos preços dos combustíveis ao consumidor resultou no preço médio do etanol correspondendo a 70,4% do valor de comercialização da gasolina nas médias nacionais. Na semana passada, a relação era de 70,6%.

A queda no índice representa novo avanço na vantagem do renovável em relação ao combustível fóssil. E, apesar de mais próximo, o indicador ainda é considerado acima da paridade energética comercialmente estabelecida em 70%.

Pela segunda semana seguida, em dois estados é vantajoso consumir etanol hidratado do que gasolina: em São Paulo e no Mato Grosso.

Estados

Quase todos os seis estados que costumam apresentar melhor relação de preços entre o etanol e a gasolina viram a competitividade do biocombustível avançar. Ainda assim, apenas em dois é mais vantajoso consumir etanol: São Paulo e Mato Grosso.

São Paulo

No maior estado produtor e consumidor de etanol do país, o preço do biocombustível correspondeu a 68,4% do valor de comercialização da gasolina, frente a uma relação de 68,7% na semana anterior.

Na última semana, o etanol hidratado recuou 0,91% nos postos paulistas e foi comercializado a R$ 2,296 em média. No mesmo período, a gasolina viu uma queda de 0,53%, chegando a um preço de comercialização de R$ 3,356.

Mato Grosso

No Mato Grosso, estado que apresenta a relação mais vantajosa para o consumo de etanol, o preço renovável de cana correspondeu a 63,7% do valor do combustível fóssil. Na última semana, o valor do biocombustível recuou 2,26% e foi vendido a R$ 2,287. Já o preço da gasolina ficou em média R$ 3,590, valor 0,17% menor do que na semana anterior.

Tabela de preço, paridade e consumo (%) em todos os estados do Brasil

Os preços do etanol e da gasolina por região, estado ou cidade desde 2001 estão disponíveis na planilha interativa (exclusivo para assinantes).

Preço nas usinas em queda

A cotação do etanol nas unidades de produção de São Paulo recuaram novamente na última semana. O preço do etanol hidratado nas usinas paulistas teve queda de 0,29% de acordo com o indicador divulgado pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq).

Nas usinas do Mato Grosso, a desvalorização no período foi de 1,99%. Já em Goiás, a cotação do etanol hidratado nas usinas recuou apenas 0,07%.

novaCana.com

Etanol e Cana direto em seu email

Antes de sair, cadastre-se para receber as principais notícias do setor
Obrigado, não quero ficar informado.
Esqueci minha senha close modal