Combustíveis sofrem forte alta na última semana e etanol perde vantagem em Goiás

paridade 01 mini tabela 5.11a11.11

Na semana de 5 a 11 de novembro, os preços cobrados pelo etanol nas bombas de combustíveis do país aumentaram em 15 estados e no Distrito Federal (DF), enquanto dez estados registraram alta. Já o preço da gasolina subiu em 17 estados e no DF, além de ter recuado em outros oito estados.

Dados da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) apontam que o preço médio da gasolina comum para o período aumentou em 1,44%, atingindo R$ 3,938. Esse é o maior patamar para o combustível na bomba desde o início da série histórica, iniciada em maio de 2004. O patamar mais alto atingido até então havia sido o preço médio de R$ 3,887, no período entre 1 e 7 de outubro de 2017.

No entanto, nas médias nacionais, o sobe e desce dos preços nos estados se refletiu em um aumento percentual maior para o etanol hidratado do que para a gasolina. A alta no valor cobrado pelo etanol nos postos brasileiros pesquisados pela ANP foi de 2,01%. Com isso, o biocombustível foi comercializado a R$ 2,745 por litro na última semana. 

paridade 02 percentual estados 5.11a11.11

Por essa razão, o etanol hidratado terminou a última semana correspondendo a 69,7% do valor do combustível fóssil nas médias nacionais, frente a uma relação de 69,3% na semana passada. Assim, o combustível perdeu margem de competitividade.

Em detalhes

Gráficos avançados e filtros interativos sobre o comportamento dos preços estão disponíveis aqui (exclusivo assinantes).

O evolutivo dos preços de todos os estados desde 2001 pode ser acessado aqui.

paridade 03 comparativo estados 5.11a11.11

Estados

A perda na competitividade do etanol nas médias nacionais, reflete forte alta dos preços do etanol em estados como Ceará (6,41%), Roraima (3%) e Goiás (10%). Nesse último estado, a alta nos preços levou, inclusive, à perda na relação vantajosa do etanol – o indicador que avalia a comparação de preços entre o renovável e o combustível fóssil passou de 68,6% para 72,5%, ultrapassando a marca comercialmente estabelecida de 70%.

Dessa maneira, permanece vantajoso consumidor etanol apenas em São Paulo, Minas Gerais e Mato Grosso.

paridade 04 tabela completa 5.11a11.11

Os preços do etanol e da gasolina por região, estado ou cidade desde 2001 estão disponíveis na planilha interativa (exclusivo para assinantes).

Marina Gallucci – novaCana.com

Etanol e Cana direto em seu email

Antes de sair, cadastre-se para receber as principais notícias do setor
Obrigado, não quero ficar informado.
Esqueci minha senha close modal