BASF
Etanol: Importação

Camex aprova taxa de 20% sobre etanol importado que exceder 600 milhões de litros por ano


novaCana.com - 23 ago 2017 - 18:37 - Última atualização em: 24 ago 2017 - 09:03

A Câmara de Comércio Exterior (Camex) aprovou hoje a implantação de uma taxa de 20% sobre o etanol importado pelo Brasil. A tarifa será aplicada apenas ao volume de etanol que exceder 600 milhões de litros por ano, informou ao novaCana uma fonte com conhecimento da decisão.

A Camex realizou hoje uma Reunião extraordinária do Conselho de Ministros e, segundo a fonte, foi aprovado que a medida valerá por dois anos.

A decisão de não taxar os primeiros 600 milhões de litros foi a solução encontrada pelo governo para que o etanol permaneça na chamada lista de exceção da Tarifa Externa Comum (TEC) do Mercosul.

Além dos 600 milhões de litros, tem um limite trimestral de 150 milhões de litros. Esta medida de cotas trimestrais, conforme informa a Agencia Estado, foi adotada porque o limite de 600 milhões de importação de etanol em 2017 já foi superado e a tarifa, caso fosse considerado o ano civil, seria sobre todo o volume comprado a partir da decisão de hoje.

Importação recorde

Entre janeiro e julho de 2017, o Brasil importou 1,35 bilhão de litros de etanol, contra 822 milhões de litros do ano passado. O volume deste ano já é, inclusive, o maior da história do Brasil, superando o recorde de 2011 (1,15 bilhão de litros). A principal origem desse combustível é os Estados Unidos, responsáveis pela venda de 1,349 bilhão de litros apenas em 2017.

Atualização: O ministro Blairo Maggi confirmou a informação pelo Twitter.

novaCana.com