Brasil importa volume recorde de etanol

Entressafra, preferência por açúcar e bons preços nos EUA estão servindo de estímulo para os crescentes volumes de etanol importado

O período de entressafra de cana-de-açúcar é tradicionalmente caracterizado por um aumento nas importações brasileiras de etanol, mas os números de fevereiro de 2017 chamaram a atenção do mercado. Segundo o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), o país registrou uma importação total de 259,1 milhões de litros de etanol, um novo recorde para fevereiro. O montante é quase o dobro do recorde anterior, visto em 2012.

O resultado se torna ainda mais relevante quando se percebe que, desde 2012, os meses de março e abril costumam concentrar mais de 30% das importações de todo o ano, o que gera uma perspectiva de volumes elevados para os dois meses que se seguem.

Observando a evolução mês a mês, é possível notar um crescimento considerável nas importações de biocombustível desde julho de 2016. Por mais que o volume importado mereça destaque, o aumento nas importações por si só não soa como uma surpresa.

Leia mais:
- Gráficos e informações detalhadas
- Evolução mensal das importações brasileiras de etanol
- Comparativo dos volumes acumulados de importação
- Participação dos Estados Unidos nas compras brasileiras
- Volume reflete cenário das usinas nacionais
- Comparação: 2017 X 2012
- Dados completos e interativos no NOVACANA DATA

O texto acima é apenas uma breve introdução. Para ver esta página completa clique aqui e assine.

exclusivo assinantes

O texto completo desta página
está disponível apenas aos assinantes do site

veja como é fácil e rápido assinar

Etanol e Cana direto em seu email

Antes de sair, cadastre-se para receber as principais notícias do setor
Obrigado, não quero ficar informado.
Esqueci minha senha close modal