Primeiras apostas para safra 2018/19 no Centro-Sul indicam cenários opostos

“Temos duas posições que são uma diferença entre o céu e o inferno. Acho interessante essa visão e cana é isso mesmo. Se formos avaliar, há um ano estávamos em uma euforia, em uma situação bastante específica. Como estaremos daqui um ano? Qual vai ser a realidade desse nosso mercado? É essa dinâmica que nos traz para esse debate”.

Com essa fala, o diretor da Bioagência, Tarcilo Rodrigues, resumiu a tônica do debate do painel “Safra 2017/18 e 2018/19: perspectivas e desafios”, realizado durante o novacana Ethanol Conference 2017.

Rodrigues, que moderou a discussão, ressaltou especialmente a diferença entre os cenários previstos pelo Banco Pine, de 560 milhões de toneladas de cana moída, e pela Agroconsult, de 625 milhões, como “duas posições que são uma diferença entre o céu e o inferno”. A FCStone, que ainda não lançou suas projeções oficiais, sugere um cenário mais moderado, próximo do que se espera para a atual temporada, em 584,3 milhões de toneladas.

Faltando cerca de cinco meses para o início da temporada 2018/19, as primeiras estimativas para a produção sucroalcooleira do Centro-Sul do país sinalizam para uma falta de consenso entre as consultorias. No ano passado, quando isso aconteceu, o resultado acabou convergindo para um meio termo.

As consultorias debateram as visões opostas durante o NovaCana Ethanol Conference, realizado na semana passada. O resultado das discussões desse painel você confere a seguir.

Saiba mais:

- Estimativas para a safra 2018/19: moagem, açúcar e etanol
- O papel da renovação dos canaviais e perspectivas de produtividade agrícola
- Mudanças no mix de produção
- Os detalhes do debate na conferência sobre as estimativas

O texto acima é apenas uma breve introdução. Para ver esta página completa clique aqui e assine.

exclusivo assinantes

O texto completo desta página
está disponível apenas aos assinantes do site

veja como é fácil e rápido assinar

Etanol e Cana direto em seu email

Antes de sair, cadastre-se para receber as principais notícias do setor
Obrigado, não quero ficar informado.
Esqueci minha senha close modal