Chuvas trazem alívio para plantações secas de cana no Brasil

A maior parte das regiões produtoras de cana-de-açúcar no centro-sul do Brasil recebeu chuvas generalizadas durante o fim de semana e há previsão de mais precipitações nos próximos dias, trazendo umidade desejada para os campos secos, de acordo com mapas climáticos e agrônomos.

O Agriculture Weather Dashboard, do terminal Eikon, mostrou que a região de Ribeirão Preto, maior região produtora de cana do país, teve 12,4 milimetros de chuvas e deve receber mais 6,4 milimetros nesta segunda-feira e na terça-feira. Outras áreas de plantação de cana no Estado de São Paulo reportaram grandes volumes, como a região de Piracicaba, que teve quase 40 milimetros.

Apesar de paralisar a colheita, as chuvas vão fornecer umidade que ajudará no desenvolvimento das lavouras. A cana-de-açúcar, particularmente, estava sofrendo com o inverno mais seco do que o normal no hemisfério sul.

Várias consultorias cortaram suas projeções para a safra de cana do centro-sul em decorrência da seca. Há expectativas de uma produção menor também no próximo ano.

Marcelo Teixeira

Etanol e Cana direto em seu email

Antes de sair, cadastre-se para receber as principais notícias do setor
Obrigado, não quero ficar informado.
Esqueci minha senha close modal