Açúcar tem mínimas em anos na ICE por excesso de oferta e desvalorização do real

Os contratos futuros do açúcar bruto na ICE escorregaram para uma mínima em 2 anos e meio nesta quarta-feira, enquanto os futuros do açúcar branco caíram para o nível mais fraco em mais de nove anos, com o superávit global do adoçante pesando sobre os preços.

O açúcar bruto de maio fechou em baixa de 0,28 centavo de dólar, ou 2,5 por cento, a 10,86 centavos de dólar por libra-peso, depois de tocar 10,69 centavos de dólar, menor nível para o primeiro mês desde setembro de 2015.

O contrato mais ativo do açúcar bruto, de julho, encerrou em baixa de 0,26 centavo de dólar, ou 2,3 por cento, a 11,12 centavos de dólar por libra-peso, após chegar a 10,93 centavos de dólar, a mínima para o segundo contrato desde outubro de 2008.

acucar preco 260418

A fraqueza da moeda brasileira acrescentou pressão baixista ao mercado, já sob pressão pela sobreoferta com uma crescente produção na Índia e na Tailândia, disseram operadores.

"Talvez pior (que as exportações potenciais da Índia) para os altistas em açúcar seja o contínuo colapso do real brasileiro junto com um índice mais forte do dólar norte-americano", disse Thomas Kujawa, co-diretor de softs na Sucden Financial.

O açúcar branco de agosto caiu 12,20 dólares, ou 3,8 por cento, para 312,30 dólares por tonelada, depois de chegar a atingir 311,40 dólares, mínima para o primeiro mês desde dezembro de 2008.

Marcy Nicholson e Nigel Hunt

Etanol e Cana direto em seu email

Antes de sair, cadastre-se para receber as principais notícias do setor
Obrigado, não quero ficar informado.
Esqueci minha senha close modal